CLENK

Maicon Clenk

Maicon Clenk é um artista multidisciplinar. Dramaturgo, Diretor, Coreógrafo e Ilusionista, desenvolve uma linguagem autoral chamada “Teatro Ilusionista” a qual integra diversas técnicas artísticas, principalmente o teatro físico e o ilusionismo. É criador de espetáculos originais de sucesso de público e destaque internacional. Com sua versatilidade artística e formação, domina diversas linguagens artísticas como o circo, o teatro, a dança e o ilusionismo, incluindo a criação de efeitos especiais originais. Esteve à frente de equipes de várias nacionalidades e de alto nível técnico e artístico. Reúne em seus processos criativos a disciplina da ginástica, a precisão da dança, o fantástico do circo, a profundidade do teatro e o surpreendente do ilusionismo. É fundador da Clenk Company e suas obras, marcadas pelo aspecto inovador, poético e detalhista, já foram assistidas por milhões de espectadores.

 

Biografia

Maicon Clenk atua como criador de espetáculos, diretor, coreógrafo e ilusionista da Clenk Company. Profissionalizou-se também ator, bailarino, acrobata aéreo e publicitário, com especializações em teatro físico e dança teatro. Cria cenários e figurinos para suas obras.

Encantado pelo circo desde os quatro anos de idade, Clenk dedicou sua vida profissional exclusivamente às artes. Iniciou seus estudos em teatro e apresentações como mágico aos oito anos e aos dezesseis anos já dirigia um grupo teatral próprio com cerca de cento e cinquenta integrantes. Pesquisou e atuou como acrobata aéreo profissional durante mais de dez anos, inclusive sendo destaque em galas junto a Confederação Brasileira de Ginástica do Brasil. Estudou por mais de doze anos dança contemporânea e clássica, artes performáticas, circo e clown. Especializou-se em dança teatro e teatro físico com renomados profissionais do Brasil, Nova Iorque, Londres, Paris, Japão, Itália, Espanha e Berlim, entre eles o grupo Pilobolus dos Estados Unidos e a Familie Floz da Alemanha.

Atuou em mais de trinta premiados espetáculos profissionais e companhias brasileiras de teatro, dança e circo como o Circo da Ciência, ASPART, Cia. Regina Vogue e Descompanhia de dança. Em 2013 foi indicado ao Troféu Gralha Azul como “Melhor Ator” pelo espetáculo “Os Equilibristas”. Criador de efeitos originais de ilusionismo teve grande destaque na mídia televisiva e nos teatros do Brasil, sendo considerado um dos melhores ilusionistas da atualidade pela mídia nacional. Foi diretor artístico do “Beto Carrero World”, o maior parque temático da América Latina, onde criou espetáculos inéditos e áreas performáticas e dirigiu simultaneamente mais de oito grandes shows e o departamento de produções artísticas, responsável por uma equipe de mais de duzentos e cinquenta profissionais.

Em 2005 fundou a Clenk Company onde utiliza sua versatilidade artística desenvolvendo uma linguagem autoral chamada “Teatro Ilusionista”. Entre suas principais realizações e prêmios como Criador, Diretor e Coreógrafo estão:

Em 2005 foi criador, diretor, coreógrafo e designer de ilusões de O GRANDE SHOW DE MÁGICA, o maior espetáculo de ilusionismo do Brasil e o primeiro espetáculo da Clenk Company. O show realizou circulação por grandes teatros como HSBC Brasil em São Paulo, Teatro Guaíra e Teatro Regina Vogue em Curitiba, Teatro TAC em Florianópolis, Teatro São Pedro em Porto Alegre, Mostra oficial (Mish Mash) do Festival de Teatro de Curitiba. Foi destaque nos principais veículos da televisão brasileira entre os anos de 2005 a 2009, entre eles os Programas Eliana da TV Record e TV SBT, especial Mestres do Ilusionismo da TV Record, e Programa do Faustão – TV Globo.

De 2009 a 2011 foi diretor artístico do parque BETO CARRERO WORLD, em Santa Catarina, o maior parque temático da América Latina, onde criou espetáculos inéditos e áreas performáticas e dirigiu simultaneamente grandes shows (África Misteriosa, Excalibur, West Selvagem, Memory Show, Extreme Carros, Acqua). Estruturou e dirigiu o departamento de produções artísticas, responsável por uma equipe de mais de duzentos e cinquenta profissionais, casting, construções e reformas de grandes teatros, além de personagens interativos e eventos especiais como a criação da “Ilha das Trevas”.

Em 2010 criou, escreveu, dirigiu e coreografou O SONHO DO COWBOY o musical de maior público do Brasil e há nove anos em cartaz ininterruptamente no parque temático Beto Carrero World em Santa Catarina, somando cerca de um milhão de expectadores ao ano. A produção milionária levou um ano de ensaios e a construção de um teatro exclusivo, especialmente desenvolvido para o espetáculo e com capacidade para quatro mil pessoas.  A direção musical e as músicas são do renomado compositor Tim Rescala. São mais de quarenta artistas em cena, cavalos e um cenário com mais de cinquenta metros.

Em 2011 foi criador, diretor e coreógrafo do espetáculo de circo contemporâneo BLUM, em cartaz no Beto Carrero World. O espetáculo reuniu mais de 30 artistas circenses de alto nível e de diversas nacionalidades.

Em 2012, em parceria com o consagrado iluminador Peter Gasper, dirigiu e coreografou o dinner show IPORÃ em Foz do Iguaçu no Brasil, com sessenta artistas do Brasil, Argentina, Peru, Equador, Chile, Bolívia e México. O show foi assistido por milhares de turistas de todo o mundo durante mais de sete anos. Um teatro com capacidade para trezentas pessoas foi especialmente projetado e construído para este espetáculo.

Em 2015 criou, dirigiu e coreografou POLARIS, o primeiro espetáculo do mundo realizado dentro de um globo de neve e também o maior globo de neve do Brasil, prêmios certificados pelo Ranking Brasil. Recebeu o Prêmio ABRASCE como “Melhor evento de natal do Brasil”. São 15 artistas dentro do globo gigante e a trilha sonora especialmente composta é executada ao vivo por uma orquestra.

Em 2014 cria, dirige e coreografa É TUDO ILUSÃO, um espetáculo que reúne ilusionismo, dramaturgia e humor e possui mais de trinta efeitos de ilusionismo inéditos e originais que foram especialmente criados. O espetáculo foi vencedor do primeiro lugar no prêmio “circulação nacional” da Fundação Cultural de Curitiba. O show esteve em temporada em teatros como Museu Oscar Niemayer em Curitiba, Festival de Teatro de Curitiba, Teatro Frei Caneca em São Paulo e Teatros do Sesi. Foi destaque em programas nacionais como Faustão.

Em 2016 cria, dirige e coreografa FLORA, um espetáculo com grande cenografia e vinte bailarinos acrobatas, que foi desenvolvido para ser apresentado em espaços alternativos como arenas e centros comerciais.

Em 2017 criou, escreveu, dirigiu e coreografou o musical TORQUE, uma superprodução para crianças que conta com mais de cinquenta personagens interpretados por atores, cantores e bailarinos, e ainda bonecos animatrônicos, animações interativas e um grande cenário.

Em 2016 estreia BANQUETE, onde criou, dirigiu, coreografou, criou efeitos de ilusionismo e aparelhos acrobáticos originais. No elenco bailarinos, cantores, atores e acrobatas de alto nível que estão entre os melhores do mundo. Criou o projeto do teatro Burlesque Paris 6 que foi construído e equipado especialmente para o espetáculo que esteve dois anos em cartaz em uma das principais ruas de São Paulo.

Em 2019 criou e dirigiu VIK – O Micro Espetáculo, um solo interpretado por uma atriz portadora de nanismo. O espetáculo realizou temporada em Curitiba e foi vencedor do Troféu Gralha Azul 2019, o prêmio máximo do teatro paranaense, como “Melhor Espetáculo para Crianças”. Recebeu ainda o prêmio “Melhor Atriz para Crianças”, além de mais quatro indicações nas categorias dramaturgia, direção de espetáculo para crianças, figurino e iluminação.